WhatsApp atua no combate a golpes e fraudes, diz representante da empresa

Compartilhar

SÃO PAULO – O WhatsApp confirmou à Assembleia Legislativa que investe no aprimoramento de ferramentas para combater a atuação de golpistas. Para a empresa, este é um esforço contínuo e permanente para não só manter, mas ampliar a confiança dos seus usuários no país. A afirmação ocorreu à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura golpes com PIX e clonagem de cartões.

“A finalidade foi justamente conhecer a posição da empresa em relação aos golpes aplicados na comunidade. Esta tem sido uma preocupação constante aqui na Assembleia Legislativa. Por isso, considero positiva a iniciativa da CPI em ter solicitado as explicações sobre os procedimentos adotados em benefício dos usuários do aplicativo”, disse o deputado Edmir Chedid (União).  

As explicações, prestadas pelo diretor de Políticas Públicas do WhatsApp, Pablo Bello, irão integrar um relatório que deverá ser encaminhado ao Ministério Público (MP-SP). “Neste documento, temos a garantia do WhatsApp de que não é possível hackear uma conta do aplicativo. Os golpes, no entanto, existem e precisam ser melhor apurados pela empresa e pela polícia”, comentou. 

Atualmente, os golpistas utilizam dois caminhos principais para falsear um perfil na plataforma: copiando o nome e a foto de alguém ou se apossando da conta da pessoa no Whatsapp, usando o código de confirmação que é enviado por SMS para a ativação da conta. Passando-se por outra pessoa, os golpistas tentam tirar dinheiro de familiares e amigos por meio de mensagens de ajuda.

Imagem: Diretor de Políticas Públicas do WhatsApp, Pablo Bello, durante depoimento à CPI.

Campanhas
Durante o depoimento prestado à CPI, o diretor de Políticas Públicas Pablo Bello enfatizou a importância das campanhas educativas e de segurança aos usuários promovidas pelo WhatsApp. Para ele, é fundamental que as pessoas tenham pleno conhecimento dos atuais mecanismos de segurança fornecidos pelo aplicativo para que não sejam enganadas pela ação contínua de golpistas.

“O esforço da educação para os nossos usuários é permanente e as campanhas que fazemos com as autoridades é fundamental. Por isso, vamos colaborar com a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, assim como com as demais autoridades, neste tipo de iniciativa, que é sempre contínua, trata-se de uma campanha permanente de educação aos usuários”, finalizou Pablo Bello.

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(11) 99952 1200

SÃO PAULO, 25/10/2023

Rolar para cima