Antirrabica

Vacina contra raiva está disponível nos postos municipais

Compartilhar

SÃO PAULO – Para preservar o bem-estar de cães e gatos, a Secretaria de Estado da Saúde continua distribuindo a vacina antirrábica para que todos os municípios realizem a imunização de forma permanente. O Estado está há 25 anos sem registrar casos de raiva causada pela variante canina do vírus. E para garantir este resultado, os cuidados com animais domésticos não podem ser deixados de lado.

De acordo com o deputado Edmir Chedid (União), os animais devem ser vacinados anualmente e a imunização ocorre ao longo de todo o ano nos serviços de saúde municipais ou em estabelecimentos médico-veterinários particulares. “Na prática, um ato de muito amor aos animais e à sociedade, que também está devidamente protegida contra a raiva animal”, disse o parlamentar.

A raiva é uma doença infecciosa que não tem cura e pode ser fatal. Mesmo sem registros de casos pela variante canina, o vírus continua circulando por meio de morcegos e, segundo Edmir Chedid, manter cães e gatos imunizados garante a segurança da população. “Todos os municípios estão aptos a aplicarem a vacina durante todos os meses conforme o cronograma do Estado”, afirmou.

Além da vacinação dos animais domésticos, os responsáveis pelos pets devem ficar atentos ao contato dos bichos com morcegos. “O último registro de animal infectado pela variante canina da doença ocorreu em 1998 e, desde então, todos os casos humanos e de cães e gatos registrados no Estado foram causados por variantes de morcegos”, acrescentou o deputado Edmir Chedid.

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Frank Toogood

Assessoria de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(11) 99592 5118

Rolar para cima