SP anuncia Mutirão das Cirurgias para zerar fila no Estado

Compartilhar

SÃO PAULO – O governo estadual anunciou nesta quarta-feira (25) o Mutirão das Cirurgias, instituído com a finalidade de zerar a demanda registrada na Central de Regulação (Cross) – há mais de 538,1 mil procedimentos cadastrados. A iniciativa recebeu apoio do deputado Edmir Chedid (União), que, nos últimos anos, defendeu a liberação de recursos para a regularização do atendimento à comunidade.

De acordo com o parlamentar, o governo estadual autorizou a realização de cirurgias extras na rede pública, bem como a contratação de serviços privados e a remuneração dobrada nos hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS). “A intenção é justamente agilizar todos os procedimentos cirúrgicos, inclusive aqueles que foram prejudicados pela pandemia do coronavírus no Estado”, acrescentou.  

O Mutirão das Cirurgias será realizado durante quatro meses. Nesse período, o Sistema Único de Saúde irá disponibilizar 54 cirurgias em sete especialidades médicas, como do aparelho circulatório, do digestivo e abdominal, das glândulas endócrinas, de nefrologia, osteomolecular e geniturinário. “As cirurgias oftalmológicas também serão realizadas pelo SUS e pelos parceiros”, disse.

Uma das estratégias do governo estadual é pagar um valor adicional de 100% sobre o que já é pago pela Tabela SUS, do Ministério da Saúde, aos 54 procedimentos nos serviços filantrópicos, municipais e Santas Casas. “Cada hospital público receberá o dobro da tabela para cada cirurgia. As unidades receberão ainda um valor adicional para consultas de avaliação e exames pré-cirúrgicos.”

A remuneração diferenciada na rede pública começa a valer no Estado a partir do dia 1º de junho e terá um investimento de R$ 350 milhões do governo estadual. “Esta iniciativa também irá beneficiar os pacientes do Circuito das Águas e da Região Bragantina. Esta, afinal, tem sido uma das principais reivindicações do trabalho que realizo por nossa comunidade”, concluiu Edmir Chedid. 

Chamamento Público
O governo publicará nesta quinta-feira (26) no Diário Oficial um chamamento público para a contratação dos procedimentos cirúrgicos em serviços privados de todas as regiões. O chamamento simplificado ficará aberto por 10 dias e os serviços que aderirem à iniciativa também receberão o dobro do valor da tabela SUS, além dos recursos para as avaliações e exames pré-operatórios.

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Frank Toogood

Assessoria de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(11) 99592 5118

Rolar para cima