Governo declara ter produzido 6 milhões de doses da Butanvac

Compartilhar

SÃO PAULO – Para ampliar a capacidade da vacinação contra o coronavírus, o governo do Estado confirmou nesta terça-feira (11) a produção de mais 6 milhões de doses da Butanvac. O imunizante, que também é produzido pelo Instituto Butantan, de São Paulo, está em fase de testes e aguardando a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O anúncio ocorreu durante reunião do governador João Doria (PSDB) e do vice-governador Rodrigo Garcia (DEM) com o deputado Edmir Chedid (DEM), membro da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). O evento também contou com a participação de deputados federais, de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

“O Instituto Butantan produziu mais de 40 milhões de doses da Coronavac e agora atua para garantir a produção da Butanvac. Esta segunda vacina deverá chegar em setembro como alternativa aos imunizantes já utilizados aqui no país. Afinal, a preocupação do governo do Estado é com a saúde da população, com o fim desta pandemia”, afirmou.

O parlamentar disse que a Butanvac também deverá integrar o Programa Nacional de Imunizações (PNI), do governo federal. “O governo do Estado atua para garantir as doses da vacina, mas todos temos responsabilidades. Por isso, não deixe de tomar a segunda dose do imunizante, fundamental para garantir a segurança de todos”, concluiu.

 

Disponível em Áudio

 

Reunião
A reunião promovida no Palácio dos Bandeirantes – sede do Poder executivo Estadual – também contou com os secretários de Estado da Casa Civil, Cauê Macris, e de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi. Estado e municípios deverão realizar outras reuniões similares a partir do segundo semestre, conforme o cronograma do governo.

 

Redes Sociais
Facebook | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid.com.br
(11) 99592 5118

Rolar para cima