Estado de SP libera R$ 1 bilhão em pagamento para 214 mil professores

Compartilhar

SÃO PAULO – O governo estadual liberou nesta quarta-feira (25) R$ 1 bilhão em pagamento para 214 mil professores da rede pública estadual de ensino e também do Centro Paula Souza (CPS). De acordo com o deputado Edmir Chedid (União), que declarou apoio à iniciativa na Assembleia Legislativa, serão beneficiados pela Secretaria da Educação 197 mil profissionais, totalizando R$ 799,1 milhões.

“O valor se refere à terceira e última parcelas do Abono-Fundeb da educação. A primeira parcela foi paga em 24 de dezembro de 2021 e a segunda em dois de fevereiro deste ano; a terceira parcela será paga em 31 de maio. Na prática, o reconhecimento e a valorização dos professores que realizam um serviço importante ao governo e fundamental às famílias”, comentou o parlamentar.

Edmir Chedid explicou que o valor pago a cada servidor da rede pública estadual de ensino será proporcional à jornada de trabalho, calculada com base no tempo de serviço do profissional durante o ano e na sua frequência. O valor médio é de R$ 4 mil e o valor referente a 40 horas equivale a R$ 5,2 mil. “Esta foi a determinação do próprio governador Rodrigo Garcia (PSDB)”, disse.

Também serão contemplados 17,4 mil servidores em exercício do Centro Paula Souza, entre docentes e administrativos da ativa, que receberão o bônus anual no valor total de R$ 228,3 milhões. O valor representa a ampliação do limite máximo para pagamento da bonificação por resultados. “A iniciativa do governo estadual também recebeu o apoio da Assembleia Legislativa”, concluiu.

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Frank Toogood

Assessoria de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(11) 99592 5118

Rolar para cima