Edmir Chedid reitera ao Estado preocupação com estradas e rodovias

Compartilhar

SÃO PAULO – O Poder Executivo, por meio da Secretaria de Estado de Logística e Transportes (Selt), deverá intensificar a análise das reivindicações do deputado Edmir Chedid (DEM) que beneficiam os municípios do Circuito das Águas e da Região Bragantina. A confirmação ocorreu durante reunião entre o parlamentar e o secretário executivo da Pasta, Milton Roberto Persoli, em São Paulo.

Entre as reivindicações, já reiteradas por diversas vezes nestes últimos anos, o conjunto das duplicações da SP-008 (Rod. Cap. Bardoíno), entre Bragança Paulista e Socorro, e da SP-063 (Rod. Alkindar Monteiro Junqueira), entre Bragança Paulista e Itatiba. “Estas duplicações têm sido nossa maior preocupação acerca do sistema viário regional. Afinal, temos fluxo suficiente para as duplicações das rodovias, conforme comprovado pelo próprio governo estadual”, complementou.

Edmir Chedid declarou que, além das duplicações, o Circuito das Águas e a Região Bragantina precisam de investimentos para a recuperação de outras rodovias, como a SP-095 (corredor formado pela Rod. Benevenuto Moretto e Rod. João Beira), que possui um trecho inacabado no acesso a Santo Antonio de Posse; e ainda a SP-360 (Rod. Eng. Constâncio Cintra e Rod. Eng. Geraldo Mantovani).

“Nesta reunião, pudemos detalhar novamente à Secretaria as prioridades do nosso sistema viário regional. Tudo foi devidamente documentado com a finalidade de demonstrar a preocupação dos usuários desse sistema viário regional, assim como a insatisfação de representantes políticos locais. É preciso rever a situação para que possamos evitar problemas maiores no futuro”, garantiu o parlamentar.

Imagem: Milton Roberto Persoli, Edmir Chedid e Paulo Roberto de Freitas.

 

Estradas Vicinais
Edmir Chedid também reiterou à Secretaria de Estado de Logística e Transportes a preocupação quanto à pavimentação e a recuperação de estradas vicinais. Segundo o parlamentar, e preciso garantir melhorias para as vias utilizadas principalmente para o escoamento da produção agrícola local para os grandes centros de abastecimento do Estado, como Campinas e São Paulo. “Agora, precisamos conhecer em detalhes o andamento das ações do governo estadual”, concluiu.

 

Redes Sociais
Facebook | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid2.hospedagemdesites.ws
(11) 99592 5118

Rolar para cima