Edmir Chedid apoia campanha contra violações de direitos no carnaval

Compartilhar

SÃO PAULO – O governo federal e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) intensificaram suas campanhas para combater as violações dos direitos humanos durante o Carnaval 2024. As iniciativas receberam apoio do deputado Edmir Chedid (União), que tem atuado na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) e no governo estadual pela defesa e proteção de crianças, adolescentes e mulheres.

Para assegurar o conforto e a proteção dos foliões, o parlamentar destacou nesta terça-feira (06) a importância do Disque 100 para denúncias relacionadas às violações dos direitos humanos – o serviço é gratuito e também pode ser acionado pelo site oficial, Telegram ou WhatsApp 61 99611 0100 (confira abaixo). “É muito importante que todos estejam atentos neste período festivo”, afirmou.

Edmir Chedid explicou que, entre as violações que devem ser combatidas e denunciadas, estão a violência sexual contra crianças e adolescentes, o abuso e/ou venda de álcool e outras drogas, trabalho infantil, situações de negligência e desaparecimento de pessoas. “Todos temos responsabilidade neste carnaval. Fiquem atentos e denunciem qualquer violação dos direitos humanos”, disse.

Além do Disque 100, as denúncias também podem ser feitas ao 190 da Polícia Militar, para o 181 da Polícia Civil e ao 153 da Guarda Municipal. Todas as ligações são gratuitas e podem ser realizadas de qualquer aparelho fixo ou móvel. “Alguns municípios também possuem serviços de denúncias até pelo WhatsApp, o que facilita o trabalho das forças de segurança”, comentou Edmir Chedid.

No ano passado, foram recebidas 430 mil denúncias pelo Disque 100, 228 mil (53,14%) foram referentes à violência contra crianças e adolescentes, com 1,3 milhão de violações de direitos humanos registradas pelo sistema do governo federal. “O número de denúncias recebidas naquele período foi 45% superior ao de 2022. Não podemos aceitar estas violações no país ou no Estado”, concluiu.

Denuncie | Ligações Gratuitas
100 Direitos Humanos
WhatsApp 61 99611 0100

190 Polícia Militar

181 Polícia Civil
webdenuncia.org.br/cidadao/denuncie

180 Central de Atendimento à Mulher

153 Guarda Municipal       

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(11) 99952 1200

SÃO PAULO, 06/02/2024

    Rolar para cima