Dezembro Vermelho: Campanha nacional recebe apoio de Edmir Chedid 

Compartilhar

SÃO PAULO – O Dezembro Vermelho, campanha instituída pela Lei 13.504/2017, marca uma grande mobilização nacional na luta contra o vírus HIV, a Aids e outras ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis), chamando a atenção para a prevenção, a assistência e a proteção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV. A iniciativa recebeu apoio do deputado Edmir Chedid (União).

De acordo com o parlamentar, essa campanha é constituída por um conjunto de atividades e mobilizações relacionadas ao enfrentamento ao HIV/Aids e às demais ISTs, em acordo com as orientações definidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), de modo integrado em toda a administração pública, com entidades da sociedade civil organizada e também organismos internacionais. 

“A finalidade dessa campanha é justamente promover palestras e atividades educativas relacionadas ao tema. Além disso, os governos do Estado e da União, assim como as prefeituras, devem veicular campanhas e realizar eventos específicos a fim de ampliar as informações à comunidade sobre a luta contra o vírus HIV, a Aids e as ISTs; um trabalho fundamental e importante”, disse.

Na ocasião, o parlamentar também destacou a importância da prevenção para se evitar a infecção pelo vírus HIV. “O uso do preservativo (masculino ou feminino) em todas as relações sexuais (orais, anais e vaginais) é o método mais eficaz para evitar a transmissão das IST, do HIV/Aids e das hepatites virais B e C. Todos têm responsabilidade nessa questão”, declarou Edmir Chedid.

Prevenção Combinada
A prevenção combinada abrange o uso do preservativo masculino ou feminino, diagnóstico e tratamento das ISTs, testagem para HIV, sífilis e hepatites virais B e C, profilaxia pós-exposição ao HIV, imunização para HPV e hepatite B, prevenção da transmissão vertical de HIV, sífilis e hepatite B, tratamento antirretroviral às pessoas vivendo com HIV e ainda redução de danos.A Aids é a doença causada pela infecção do Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV). Esse vírus ataca o sistema imunológico, responsável por defender o organismo de doenças. Já as ISTs são causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos. São transmitidas, principalmente, por meio do contato sexual sem o uso de preservativo com uma pessoa que esteja infectada.

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(11) 99952 1200

SÃO PAULO, 30/11/2023

Rolar para cima