Campanha de vacinação contra o sarampo termina em 31 de agosto

Compartilhar

CAMPINAS – A Secretaria de Estado da Saúde confirmou que intensificará até 31 de agosto a campanha de vacinação contra o sarampo. A finalidade, segundo o deputado Edmir Chedid (DEM), membro efetivo da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa (Alesp), é manter atualizada a carteira de crianças e jovens que ainda não estão imunizados contra a doença no Estado.

O parlamentar explicou que a vacina tríplice viral protege contra o sarampo, a rubéola e caxumba. “Até 31 de agosto, as doses desta vacina estarão disponíveis nos postos e nas Unidades Básicas de Saúde do Estado e serão aplicadas em pessoas entre um ano de idade e 29 anos de idade que ainda não tomaram as duas doses previstas no calendário nacional”, disse.

Os bebês com seis meses ou mais também devem receber a chamada “dose zero”, que não é contabilizada no calendário, mas é recomendada devido à circulação do vírus no país. Pessoas entre 30 e 49 anos de idade também podem se vacinar, caso haja necessidade. Por isso, é importante apresentar a carteira para que um profissional faça a devida avaliação.

“É muito importante que todos compareçam aos postos e às Unidades Básicas de Saúde para atualizar a carteira vacinal; todos deverão, no entanto, seguir as recomendações de prevenção à Covid-19. Por isso, se programem para evitar aglomerações. A vacina é a maior prevenção contra doenças, inclusive o sarampo”, complementou o deputado Edmir Chedid.

 

Estatística
O Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo realiza monitoramento contínuo da circulação de doenças. Em 2020, até 13 de julho, 83 municípios registraram casos de sarampo, totalizando 711 casos confirmados e um óbito. Em 2019, foram 17.676 casos e 14 mortes.

 

Redes Sociais
Facebook | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

 

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid.com.br
(11) 99592 5118

Rolar para cima