Campanha alerta sobre doenças transmitidas pelo Aedes aegypti

Compartilhar

SÃO PAULO – O governo estadual lançou nesta terça-feira (22) uma campanha de conscientização para combater a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika. A iniciativa, que recebeu apoio do deputado Edmir Chedid (União), apresenta o tema “Qual o animal mais perigoso do mundo?” e será veiculada em redes sociais e veículos de comunicação.

“Na prática, a intenção é justamente mostrar que a dengue é uma realidade no cenário estadual deste pós-pandemia. Trata-se de um problema muito difícil de ser visto, mas que ainda oferece perigo para a nossa população. Afinal, o mosquito Aedes aegypti é responsável por quase um milhão de mortes no mundo a cada ano, segundo órgãos de saúde”, comentou o parlamentar.

Edmir Chedid explicou que, diante do cenário de sazonalidade do aumento de casos, a campanha traz orientações sobre prevenção e ações em casos de sintomas da doença. Além disso, busca mobilizar os cidadãos a participarem ativamente do combate, eliminando locais e objetos que possam reter água. “É na água limpa que o mosquito consegue se reproduzir”, declarou.

De acordo com o governo estadual, até fevereiro deste ano foram registrados quase 21 mil casos de dengue em 430 municípios (com 13 óbitos). Em 2022, foram confirmados 332.139 casos de dengue distribuídos em 617 municípios do Estado (287 óbitos); no mesmo ano, foram 934 casos de Chikungunya em 115 municípios e, em relação à zika, foram registrados cinco casos.

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(11) 99952 1200

Rolar para cima