Programa Meu Emprego amplia vagas e integra cursos de qualificação

Compartilhar

SÃO PAULO – A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, vinculada ao governo estadual, lançou uma plataforma on-line que reúne todas as iniciativas gratuitas de qualificação profissional desenvolvidas à população. O Meu Emprego disponibiliza ainda um sistema para registro de cursos pelas prefeituras, a fim de atender as demandas do mercado de trabalho por mão de obra qualificada.

Com o Programa Meu Emprego, o número de vagas de qualificação foi ampliado em 25% em todo o Estado de São Paulo, passando de 103 mil para 130 mil vagas, informou o deputado Edmir Chedid (DEM), que declarou apoio à iniciativa. “A intenção é justamente facilitar o acesso da população aos cursos de aperfeiçoamento e de formação profissional, o que considero muito importante”, disse.

Para ter acesso às informações dos programas estaduais de empregabilidade e qualificação, os interessados devem acessar www.meuemprego.sp.gov.br. “A expectativa é de que o Programa Meu Emprego possa reduzir o desemprego no Estado de São Paulo; desta forma, estaremos contribuindo com a redução dos índices nacionais de desemprego, que tanto preocupam os governos”, comentou.

O parlamentar lembrou que a iniciativa funciona em parceria com outros provedores de qualificação profissional, públicos e privados, para que mais vagas sejam criadas nos próximos anos. “Trata-se de um esforço mútuo, que tem recebido o apoio da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). Afinal, esta é uma responsabilidade de todos que são agentes públicos”, complementou.

Imagem: Edmir Chedid declarou apoio à iniciativa desenvolvida pelo governo estadual.

 

Inovação
A inovação do portal também ocorre por meio de um sistema para registro de demandas de cursos por parte das prefeituras paulistas. A partir da identificação da demanda dos municípios e das necessidades do mercado de trabalho, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico avaliará a oferta de qualificação para cada localidade. “Por isso, a importância das prefeituras no Programa”, declarou.

Edmir Chedid lembrou que em quatro anos o Programa propõe gerar um milhão de empregos. “A intenção é superar essa meta de um milhão de empregos. Só nos polos de desenvolvimento econômico, o governo estadual já afirmou ter gerado 105 mil empregos, entre diretos e indiretos. Além disso, os municípios precisam apresentar suas demandas locais a fim de garantir mais empregos.”

 

Redes Sociais
Facebook | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid2.hospedagemdesites.ws
(11) 99592 5118

Rolar para cima