Prefeito de Vargem, Léo Alves, se filia ao União Brasil

Compartilhar

SÃO PAULO – O prefeito de Vargem, Leodécio Alves de Lima (Léo Alves), filiou-se nesta terça-feira (12) ao União Brasil – o partido se firmou em nível nacional pela defesa e pelo respeito às instituições, tendo a democracia como valor fundamental e inegociável. O ato de filiação do administrador público municipal ocorreu após uma reunião com o deputado Edmir Chedid (União), em São Paulo.

“A filiação de Léo Alves ao União Brasil marca um momento significativo na trajetória política do prefeito, que agora se alinha com um partido comprometido com os valores de desenvolvimento econômico, de responsabilidade fiscal e de promoção do bem-estar social. Desta forma, poderemos avançar ainda mais em questões que são importantes à comunidade”, disse o parlamentar.

Edmir Chedid explicou ainda que o prefeito Léo Alves passará a integrar um grupo de gestores públicos comprometidos não somente com os municípios, mas com o desenvolvimento regional. “Para se ter uma ideia, a partir de agora contaremos com mais um prefeito na luta pela implantação de um Hospital Regional para atender gratuitamente a nossa população”, acrescentou.

O União Brasil surgiu em oito de fevereiro de 2022 depois que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) homologou a fusão entre o Democratas e o PSL (Partido Social Liberal). Em seu estatuto, o União Brasil se firmou como “ferramenta inigualável para a reconstrução de um país mais justo e melhor”; e afirma “lutar pelo respeito às instituições, pela democracia e pelos interesses dos brasileiros”.

Imagem: Léo Alves e Edmir Chedid após a assinatura do Termo de Filiação Partidária.

Léo Alves
Nas Eleições de 2020, Léo Alves foi eleito vereador e presidente da Câmara Municipal de Vargem. Em 1º de janeiro de 2021, assumiu interinamente a administração pública municipal após a cassação do então prefeito, que teve o registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral e foi considerado inelegível em função da cassação de seu mandato de vereador pela Câmara Municipal.

Em 05 de dezembro de 2021, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) realizou uma eleição suplementar no município – que, à época, possuía 7.938 eleitores. Na ocasião, Leodécio Alves de Lima recebeu 2.243 votos, o que corresponde a 62,34% do total de votos registrados pelo TER-SP (foram registrados 4.039 votos na eleição suplementar, que contou com outros dois candidatos).

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(11) 99952 1200

Rolar para cima