Parlamentar volta a defender a construção de moradias em Tuiuti

Compartilhar

SÃO PAULO – O deputado Edmir Chedid (DEM) voltou a defender nesta quarta-feira (16) ao secretário de Estado da Habitação, Flavio Amary, empenho na elaboração do convênio para a construção de 120 moradias populares em Tuiuti. O intuito é garantir o benefício à comunidade de baixa renda ou que vive em situação de vulnerabilidade social, conforme requerimento do parlamentar.

A solicitação ocorreu numa reunião que também contou com a participação do presidente e do diretor técnico da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), Reinaldo Iapequino e Agnaldo Lopes Quintana Neto, respectivamente, e ainda da secretária municipal de Obras, Josiane Possidônio – que representou o prefeito de Tuiuti, Jair Fernandes Gonçalves (Nande).

De acordo com o parlamentar, a administração municipal já apresentou a matrícula do terreno para a construção dos imóveis; esse documento era considerado a principal exigência da CDHU para a formalização do convênio. “O terreno oferecido pela prefeitura possui 53 mil m² para a construção desses imóveis. Além disso, está a menos de 500 metros do centro de Tuiuti”, complementou.

Edmir Chedid explicou que, ante o cumprimento das exigências da CDHU, a prefeitura de Tuiuti está habilitada a receber o benefício. “O município cumpriu com tudo o que foi determinado pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano. Por isso, voltei a defender mais empenho da Secretaria de Estado para que nossa comunidade seja beneficiada com os imóveis”, destacou.

Imagem: Edmir Chedid, Josiane Possidônio, Reinaldo Iapequino e Agnaldo Lopes Quintana Neto.

 

Habitação
A construção das 120 unidades habitacionais em Tuiuti já havia sido tratada pelo parlamentar com o então secretário de Estado da Habitação, Rodrigo Garcia (DEM) – atual vice-governador e secretário de Estado de Governo. Na época, segundo Edmir Chedid, houve o compromisso pelo governo estadual em realizar os estudos técnicos visando à implantação do empreendimento imobiliário.

“Desde 2015 estamos nesta tratativa a fim de garantir as moradias populares. Desde aquela época, o governo estadual tem ressaltado as dificuldades orçamentárias para o início de empreendimentos, o que acabou prejudicando também o de Tuiuti. Porém, precisamos construir os imóveis, nem que seja numa quantidade menor nesta primeira fase do projeto”, finalizou o parlamentar.

 

Redes Sociais
Facebook | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid2.hospedagemdesites.ws
(11) 99592 5118

Rolar para cima