Parlamentar defende liberação de R$ 122,4 mi para ampliar Poupatempo 

Compartilhar

SÃO PAULO – O deputado Edmir Chedid (União) confirmou nesta terça-feira (20) uma emenda de R$ 122,4 milhões para o Projeto de Lei 578/2022, de autoria do governo estadual, visando à implantação de mais 33 unidades do Poupatempo no Estado. A matéria, em discussão na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), trata sobre a Proposta Orçamentária para 2023.

Esta emenda ao Projeto de Lei beneficiará diretamente Águas de Lindóia, Alumínio, Bom Jesus dos Perdões, Brodowski, Brotas, Campos Novos Paulista, Cosmópolis, Engenheiro Coelho, Estiva Gerbi, General Salgado, Holambra, Igaraçu do Tietê, Ilhabela, Jambeiro, Joanópolis, Lindóia, Louveira, Miguelópolis, Monte Alegre do Sul, Morungaba e Nazaré Paulista.

Serão contempladas ainda as prefeituras de Pedra Bela, Pedreira, Pinhalzinho, Piracaia, Santa Cruz das Palmeiras, Santo Antônio de Posse, São Luiz do Paraitinga, São Manuel, Socorro, Tuiuti, Vargem e Vera Cruz. “Esta emenda para o Orçamento é resultado das reivindicações de gestores públicos e de representantes da sociedade civil”, declarou o parlamentar.

Ao todo, o deputado Edmir Chedid indicou R$ 2,7 bilhões ao Projeto de Lei 578/2022 por meio de emendas. Além de unidades do Poupatempo, o recurso financeiro vai garantir a manutenção e consequente ampliação de programas e projetos em diversas áreas da administração pública municipal, como educação, habitação, infraestrutura urbana, transportes e saúde.

Emendas
As emendas do deputado Edmir Chedid ao Projeto de Lei 578/2022 garantem R$ 2,7 bilhões de investimentos para a Agricultura e Abastecimento (R$ 650 mil); ao Desenvolvimento Regional (R$ 126,7 milhões); Desenvolvimento Social (R$ 58,3 milhões) – R$ 56 milhões destinados à implantação de unidades do Programa Bom Prato; e à Educação (R$ 16,1 milhões).

Também destina investimentos para a Secretaria de Esporte (R$ 3,2 milhões); às atividades do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe – R$ 550 milhões); à Infraestrutura e Meio Ambiente (R$ 1 milhão); e à Logística e Transportes (R$ 1,3 bilhão) – neste último valor estão recursos para a SP-008, entre Bragança Pta. e Socorro.

Além disso, a atuação parlamentar garantiu ainda mais recursos financeiros para a Secretaria de Estado da Saúde (R$ 414 milhões) – incluindo repasses para os hospitais filantrópicos e às Santas Casas de Misericórdia; para a Segurança Pública (R$ 4 milhões); ao Turismo (R$ 1,2 milhão); e para o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP – R$ 58 milhões).

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(19) 99334 8624

Rolar para cima