Iamspe deverá esclarecer à Alesp fim de contratado firmado com o HUSF

Compartilhar

SÃO PAULO – O deputado Edmir Chedid (DEM) afirmou nesta sexta-feira (25) que irá convocar o superintendente do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe), Wilson Pollara, a prestar esclarecimentos à Assembleia Legislativa (Alesp) sobre o cancelamento do convênio com o Hospital Universitário São Francisco (HUSF), de Bragança Paulista – extinto desde primeiro de agosto de 2020.

Na época, o HUSF declarou que não poderia manter o convênio sob a alegação de que os valores definidos pelo Iamspe eram “incondizentes” aos praticados pela instituição de saúde. “Este foi um dos argumentos apresentados para o cancelamento das atividades aos servidores estaduais. Desde então, nenhuma outra instituição demonstrou interesse no convênio com o Iamspe”, disse o parlamentar.

Edmir Chedid explicou que, apesar da recusa do HUSF e da falta de interesse demonstrada por outras instituições de saúde, atua para garantir que o Iamspe retome os chamamentos públicos no Circuito das Águas e na Região Bragantina. “O superintendente do Iamspe será convocado a esclarecer a morosidade no processo, que tem resultado em diversos prejuízos aos servidores”, garantiu o parlamentar.

O Iamspe funciona como plano de saúde ao servidor público estadual, oferecendo atendimento médico nos municípios. “Desde o cancelamento deste convênio tenho solicitado atenção ao governo estadual para resolver a situação dos servidores que dependem do Iamspe. Infelizmente, não podemos mais contar com os serviços prestados pelo Instituto, por exemplo, em Campinas e São Paulo”, completou.

O parlamentar afirmou que pediu urgência à convocação do superintendente do Iamspe na Assembleia Legislativa. “A distância, associada aos custos de transporte e de alimentação, impede que os servidores públicos estaduais da nossa região procurem por atendimento em outros municípios. Por isso, precisamos de um posicionamento definitivo do Instituto para resolver este problema”, finalizou.

Imagem: Edmir Chedid disse que a morosidade da Instituição prejudica servidores do interior.

Áudio | Vídeo

 

 

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | Twitter | YouTube
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid.com.br
(11) 99592 5118

Rolar para cima