Governo pretende aumentar em 34,5 km as ferrovias na grande SP

Compartilhar

SÃO PAULO – O secretário de Estado de Transportes Metropolitanos, Marco Antonio Assalve, afirmou nesta quarta-feira (02) que o governo deve ampliar em 34,5 km as ferrovias na Grande São Paulo. A afirmação ocorreu durante prestação de contas de atividades às comissões permanentes de Assuntos Metropolitanos e Municipais e de Transportes e Comunicações da Assembleia Legislativa (Alesp).

Na ocasião, afirmou que a ampliação esta fundamentada em projetos que preveem a implantação de mais cinco linhas e um BRT – sistema de transporte urbano com ônibus. “Se isso ocorrer a contento, vamos chegar numa extensão a mais de 34,5 quilômetros de trem ou de metrô e mais 35 estações. Na prática, isso vai permitir uma capacidade de mais 1,8 milhão de passageiros ao dia”, disse.  

Marco Antonio Assalve ressaltou que o maior deslocamento do sistema de transporte é na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). Ao todo, são 13 linhas, somando metrô e CTPM, com cerca de 376 quilômetros e 8,3 milhões de passageiros transportados diariamente. “Esses números se referem ao período de pós-pandemia. Antes, no entanto, eram 10,1 milhões de passageiros.

A prestação de contas, realizada pelos parlamentares, contou com transmissão ao vivo pelas redes oficiais da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. “Por fim, é importante falar sobre a ampliação no sistema de acessibilidade dos ônibus. De 4,9 mil veículos, cerca de 4,5 mil já são acessíveis. Isso é importante para a população e um marco no Estado de São Paulo”, concluiu.

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(11) 99952 1200

Rolar para cima