Governo do Estado irá pagar despesas com leitos Covid-19 da UPA Vila Davi

Compartilhar

BRAGANÇA PTA. – O governo estadual declarou nesta quinta-feira (08) que irá assumir as despesas da prefeitura de Bragança Paulista com a manutenção dos 20 leitos de enfermaria Covid-19 implantados na UPA Vila Davi – Unidade de Pronto Atendimento. O repasse do recurso financeiro, estimado em R$ 861,9 mil por 90 dias, será efetuado por meio de convênio com a Secretaria de Estado da Saúde.

Esta iniciativa, adotada em atendimento à reivindicação do deputado Edmir Chedid (DEM), está fundamentada num relatório que comprova as dificuldades orçamentárias da administração pública municipal em manter os serviços prestados gratuitamente à comunidade. “O aumento do número de pacientes com a Covid-19 tem resultado em mais despesas à prefeitura”, complementou.

O parlamentar disse que, apesar dos esforços da administração pública municipal, sem o apoio do governo estadual seria difícil manter e, principalmente, aumentar o número de leitos de enfermaria exclusivos aos pacientes de Bragança Paulista. “Caso seja necessário, a prefeitura terá que instalar mais leitos para atender a demanda, o que justifica o apoio do governo estadual”, garantiu.

Os 20 leitos de enfermaria Covid-19 foram implantados em 22 de março pelo prefeito Jesus Chedid e vice-prefeito Amauri Sodré. “Desde então, a prefeitura está mantendo as atividades da UPA Vila Davi com recursos próprios, apesar das dificuldades orçamentárias identificadas pela gestão pública. Nossa preocupação está em oferecer o melhor tratamento à nossa comunidade”, concluiu.

Imagem: Atendimento exclusivo a moradores de Bragança Paulista teve início em 22 de março.


Leia Também

Covid-19: Parlamentar reivindica mais recursos para tratar pacientes

 

Redes Sociais
Facebook | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid.com.br
(11) 99592 5118

Rolar para cima