Governo do Estado de São Paulo amplia ações de segurança no trânsito

Compartilhar

SÃO PAULO – O Poder Executivo, por meio de secretarias e departamentos de Estado, apresentou nesta terça-feira (18) o Programa Respeito à Vida – São Paulo Dirigindo com Responsabilidade. A iniciativa, que recebeu o apoio do deputado Edmir Chedid (DEM), envolve desde atividades educacionais à realização de obras e serviços de melhorias do sistema viário estadual e municipal.

Estas obras e serviços serão realizados em 100 pontos críticos de rodovias administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Os pontos foram mapeados pelo Infosiga SP, sistema de dados que traz informações mensais sobre ocorrências fatais de trânsito. “O trabalho de identificação promoverá intervenções por meio de obras de modernização e serviços de manutenção.”

Segundo o parlamentar, o Programa Respeito à Vida atua como articulador de ações com foco na redução de acidentes de trânsito. Gerido pela Secretaria de Governo, envolve também as secretarias de Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Regional, Direitos da Pessoa com Deficiência, Educação, Logística e Transportes, Segurança Pública, Saúde e Transportes Metropolitanos.

“O intuito do Programa Respeito à Vida é garantir à população, por meio de medidas educativas e preventivas, o direito de transitar por vias com segurança. Com foco em comunicação e educação, o Programa Via Escola, por exemplo, que será desenvolvido pela Secretaria da Educação e o Detran.SP, vai levar para as escolas os conceitos de paz, de responsabilidade e tolerância”, completou.

Imagem: Programa Respeito à Vida incluiu obras em rodovias e atividades educativas.

 

Educação
A promoção da cidadania no trânsito é uma das principais iniciativas do Programa, assim como a formação técnica para contribuir com os profissionais na gestão da mobilidade. A Secretaria da Educação, em parceria com o Detran.SP, vai levar o tema para as salas de aula da rede pública estadual. Esse trabalho se inicia com a valorização e formação dos educadores, que serão treinados.

“Além disso, haverá um curso de qualificação em mobilidade urbana e segurança no trânsito. A iniciativa é do Centro Paula Souza (CPS) e terá turmas com início em 2020, preparando profissionais para atuarem nos municípios, assim como na iniciativa privada e terceiro setor. Neste sentido, é importante destacar que a sociedade tem um papel decisivo nesta iniciativa” concluiu.

 

Redes Sociais
Facebook | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid2.hospedagemdesites.ws
(11) 99592 5118

Rolar para cima