Gestão pública destina R$ 5,2 bi para enfrentamento da pandemia

Compartilhar

SÃO PAULO – O Tribunal de Contas (TCE) declarou que o governo estadual e os municípios utilizaram R$ 3,9 bilhões no enfrentamento da pandemia do coronavírus. Este valor representa parte dos R$ 5,2 bilhões reservados às atividades instituídas para combater a disseminação do vírus e o tratamento de pacientes com a Covid-19.

De acordo com o deputado Edmir Chedid (DEM), membro efetivo da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), o investimento – que se refere ao primeiro semestre deste ano – é considerado fundamental por garantir atendimento adequado à população. “Este valor foi destinado à compra de equipamentos para a implantação de leitos UTI na rede pública, bem como para a compra de equipamentos e medicamentos para o tratamento de doentes”, comentou.

Além disso, o parlamentar destacou a importância deste investimento para as ações adotadas com o intuito de garantir as aulas em 641 municípios, bem como para a distribuição de merenda aos alunos no período em que as aulas ficaram suspensas em 539 municípios. O TCE constatou que 587 municípios afirmam ter um plano de retomada às aulas presenciais, mas 276 o disponibilizaram na internet.

Entre janeiro e junho deste ano, os municípios destinaram R$ 3 bilhões para combater a pandemia. Deste montante, R$ 2,1 bilhões já foram aplicados pelas prefeituras. “No Estado, foram reservados R$ 2,1 bilhões, sendo que R$ 1,8 bilhão já foi devidamente aplicado para o pagamento de diversas despesas”, disse.

Imagem: Edmir Chedid acompanha as atividades do TCE na Assembleia Legislativa.

 

Retrospectiva
Desde o início da crise sanitária, em março do ano passado, o governo estadual empenhou R$ 7,4 bilhões para o seu enfrentamento; e utilizou R$ 6,3 bilhões até junho. As prefeituras, por sua vez, investiram cerca de R$ 6,5 bilhões dos R$ 7,9 bilhões disponíveis. Juntos, Estado e municípios reservaram R$ 15,3 bilhões para ações relacionadas à pandemia, efetivando o pagamento de R$ 12,8 bilhões.

Em relação à imunização contra a doença, 479 municípios têm um plano de atuação e 574 afirmam ter treinado equipes de saúde para atuarem na vacinação (604 prefeituras realizam campanhas para esclarecer questões sobre a imunização). De todos os municípios, oito não possuem refrigeradores próprios suficientes para o armazenamento dos imunizantes; seis estão em processo de compra.

 

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.


Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid.com.br
(11) 99592 5118

Rolar para cima