Entidades paulistas reforçam importância do Teste do Pezinho

Compartilhar

SÃO PAULO – Entidades de assistência e desenvolvimento social realizam campanhas com o intuito de reforçar a importância da realização do Teste do Pezinho aos recém-nascidos, exame gratuito para diagnosticar e prevenir as doenças genéticas e metabólicas que podem levar à deficiência intelectual. A iniciativa recebeu o apoio do deputado Edmir Chedid na Assembleia Legislativa.

O parlamentar, autor da Lei que tornou obrigatória a realização do teste no Estado, explicou que o exame deve ocorrer preferencialmente entre o terceiro e o quinto dia de vida da criança. “O teste básico, em que são coletadas gotinhas de sangue do calcanhar do bebê, é formado por seis diagnósticos, como os de fenilcetonúria e hipotireoidismo congênito”, comentou.

Edmir Chedid afirmou que a iniciativa em apresentar o projeto partiu de uma reivindicação da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), de São Paulo. “À época – 20 anos atrás –, a entidade demonstrou a importância deste exame simples e resultaria em mais qualidade de vida. Agora, com base em nossa iniciativa, o governo federal ampliou os exames”, afirmou.

As campanhas das entidades de assistência e desenvolvimento social, como a da Apae, também receberam o apoio do Estado por meio da Secretaria da Saúde, e de instituições privadas. Edmir Chedid é autor da lei que tornou obrigatória e gratuita a realização do exame em nível estadual.

Imagem: Edmir Chedid destacou à Alesp a importância do apoio promovido à Lei.

 

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

 

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(11) 99592 5118

Rolar para cima