Em 10 anos, governo estadual reduz os casos de sífilis congênita

Compartilhar

SAÚDE – Pela primeira vez em 10 anos, o Estado reduziu os casos de sífilis congênita. A confirmação consta do levantamento realizado pelo Centro de Referência e Treinamento DST/Aids-SP, da Secretaria de Estado da Saúde. Os dados indicam queda de 4.125 casos, em 2017, para 4.012, em 2018, segundo os últimos números disponíveis. Desde 2009, quando foram registrados 901 casos, São Paulo apresentava aumento em sífilis congênita. Em 2018, foram diagnosticadas 12.637 gestantes com sífilis no Estado de São Paulo. Saiba mais: bit.ly/2By06Z4

 

Redes Sociais
Facebook | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid2.hospedagemdesites.ws
(11) 99592 5118

Rolar para cima