Edmir Chedid defende relevância da Campanha Novembro Azul

Compartilhar

SÃO PAULO – O deputado Edmir Chedid (União) reiterou nesta terça-feira (31) a relevância do Novembro Azul à comunidade masculina – em nível nacional, a iniciativa completou 12 anos. A campanha, que foi criada para alertar sobre os cuidados em relação à saúde, inicialmente destacava apenas a prevenção do câncer de próstata, mas evoluiu até virar um movimento pela saúde integral do homem.

“O homem vive entre seis e sete anos menos que a mulher. De acordo com as organizações mundiais de saúde, um dos principais motivos pode estar relacionado às barreiras culturais e sociais. Afinal, o homem dificilmente procura um médico com antecedência – pesquisa mostra que 62% dos brasileiros só procuram um serviço de saúde quando os sintomas estão insuportáveis”, disse.

Edmir Chedid explicou que a diferença entre vida e morte depende de descobrir cedo o câncer de próstata. “O Instituto Nacional do Câncer afirmou que mais de 65 mil homens foram diagnosticados com tumor na próstata em 2020 e quase 16 mil morreram em 2019 por causa da doença. Por isso, é importante que todos estejam atentos e em dia com a realização de seus exames”, afirmou.

A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que homens sem sintomas ou sem fatores de risco procurem um médico para avaliação sobre o câncer de próstata a partir dos 50 anos. Porém, homens negros ou que tenham um parente de primeiro grau com câncer devem procurar um médico já aos 45 anos de idade. “Este é um alerta para a comunidade”, acrescentou Edmir Chedid.

Imagem: Pesquisa aponta que 62% dos brasileiros só procuram tratamento quando os sintomas estão insuportáveis.

Mais informações, clique aqui.

Câncer de Próstata
O câncer de próstata, tipo mais comum entre homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. Entre 2016 e 2017, 61,2 mil casos foram estimados pelo Instituto Nacional do Câncer. “Para estimular a população a superar a vergonha em relação ao assunto e cuidar da saúde, a campanha realiza diversas ações ao longo deste mês”, finalizou.

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(11) 99952 1200

SÃO PAULO, 31/10/2023

Rolar para cima