Edmir Chedid declara apoio à Campanha São Paulo contra as Drogas

Compartilhar

SÃO PAULO – O deputado Edmir Chedid (DEM) declarou nesta quinta-feira (27) apoio à “Campanha São Paulo contra as Drogas”, iniciativa das secretarias de Estado da Educação e da Justiça e Cidadania instituída com a finalidade de conscientizar alunos do Ensino Médio sobre as consequências do consumo do álcool e de outros entorpecentes; diversos artistas também apoiam a iniciativa.

Apesar de ser desenvolvida por duas secretarias, a campanha contará ainda com o apoio de outros órgãos estaduais – como Polícia Militar – e de organizações não governamentais (ONGs) que atuam especificamente nas áreas de conscientização e tratamento dos dependentes químicos. “Trata-se de um esforço conjunto para uma atividade que tem por intuito informar nossos estudantes”, disse.

Edmir Chedid afirmou que, somente em 2016, aproximadamente 3 milhões de pessoas morreram no mundo em decorrência do consumo irregular de bebidas alcoólicas. Os dados, segundo o parlamentar, constam do Relatório Global sobre Álcool e Saúde, da Organização Mundial da Saúde (OMS), lançado em setembro do ano passado. “Um número alarmante que tem nos preocupado”, garantiu.

O relatório aponta que, em nível mundial, 237 milhões de homens e 46 milhões de mulheres sofrem de transtornos decorrentes do uso de álcool. “Por isso, a importância das campanhas de prevenção, fundamentais para contribuir com a redução da dependência química. Apesar de culturalmente aceito na maioria dos países, o álcool é a porta de entrada para outras drogas”, complementou.

 

Estatísticas
O Centro Brasileiro de Informações Sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid), da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), declarou que o primeiro contato dos adolescentes com o álcool costuma ocorrer por volta dos 13 anos de idade. “A Polícia Militar já possui o Programa Educacional de Resistência às Drogas, que trabalha a prevenção do uso de drogas entre alunos do ensino fundamental.”

O Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA), por sua vez, afirma que o consumo de bebidas alcoólicas por crianças e adolescentes prejudica o desenvolvimento do sistema nervoso e aumenta a possibilidade de consequências negativas, como queda no rendimento escolar, gravidez, violência e acidentes. “Todos nós temos responsabilidade nesta questão”, finalizou o parlamentar.

 

Conselho
O Conselho Estadual de Políticas Sobre Drogas, vinculado à Secretária da Justiça e Cidadania, desenvolve ações voltadas à prevenção, redução de danos, ao tratamento e à reinserção social de pessoas afetadas pelo uso e abuso de álcool e outras drogas. Presta atendimento para o público, aos conselhos municipais sobre drogas, às instituições da sociedade civil, além de promover encontros e fóruns.

 

Redes Sociais
Facebook | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid2.hospedagemdesites.ws
(11) 99592 5118

Rolar para cima