Bragança Pta. e Socorro recebem R$ 3,5 milhões para recuperar vegetação

Compartilhar

BRAGANÇA PTA. – As prefeituras de Bragança Paulista e Socorro irão receber recursos do governo, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, para a manutenção e recuperação de Áreas de Preservação Permanente (APPs). Ao todo, serão destinados R$ 3,5 milhões – R$ 2 milhões a Bragança Paulista e R$ 1,5 milhão a Socorro – para as atividades previstas em áreas públicas municipais.

O investimento, resultado da atuação do deputado Edmir Chedid (União) pelo desenvolvimento sustentável dos municípios, será liberado pelo Programa Refloresta SP, organizado para incentivar o aumento da cobertura de vegetação nativa a partir do plantio de florestas em sistemas agroflorestais e silvipastoris, que combinam a conservação e produção agropecuária no mesmo espaço.

“Na prática, os recursos destinados pelo governo aos municípios irão gerar benefícios não só ambientais, mas também econômicos e sociais, mostrando que ainda é possível conciliar produção e conservação. Estas prefeituras tiveram que apresentar projetos para comprovar a importância dos investimentos à comunidade e, nestes dois casos, também aos turistas”, comentou o parlamentar.

De acordo com Edmir Chedid, Bragança Paulista e Socorro estão entre os 14 selecionados pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente para o recebimento de recursos previstos pelo Programa Refloresta SP. “As prefeituras já possuem programas estabelecidos a fim de garantir a melhoria do meio ambiente. Por isso, se destacaram entre as demais 60 que se inscreveram”, disse.

Acordo Ambiental
Edmir Chedid foi um dos parlamentares que apoiaram o Acordo Ambiental São Paulo, instituído para incentivar o compromisso de redução de emissão de gases de efeito estufa. A iniciativa, criada pelo governo e gerenciada pela Companhia Ambiental (CETESB), visa confirmar o compromisso do Estado com o esforço internacional de conter o aquecimento global abaixo de 1,5ºC.

“Mais de 670 entidades, empresas e municípios aderiram ao Acordo Ambiental. A adesão é voluntária e renovada automaticamente até 2030. A intenção do governador Rodrigo Garcia (PSDB) é ampliar esse número gradativamente. A iniciativa pretende induzir a redução de gases de efeito estufa nos próximos 10 anos e incentivar a implementação de soluções inovadoras”, concluiu.

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Frank Toogood

Assessoria de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(11) 99592 5118

Rolar para cima
Precisa de ajuda?