Bragança Paulista amplia investimentos para a reforma do Mercadão

Compartilhar

SÃO PAULO – A prefeitura de Bragança Paulista confirmou na terça-feira (17) que deverá ampliar o repasse dos investimentos previstos para a reforma e o restauro do Mercado Municipal Waldemar de Toledo Funck (Mercadão), de acordo com proposta defendida à Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania. Desta forma, o convênio firmado entre as instituições – de R$ 1,2 milhão, anunciado em agosto – sofrerá aumento médio entre 30% e 50% referente ao valor inicial.

No convênio firmado entre as instituições, ainda caberá à Secretaria de Estado o repasse de R$ 945,8 mil à administração municipal; a alteração, no entanto, ficará por conta da contrapartida da prefeitura, que irá incrementar esta margem percentual sobre os R$ 304,7 mil, conforme previa o contrato inicial. “A alteração no projeto executivo será essencial para garantir melhorias aos consumidores e adequações aos comerciantes”, afirmou o deputado Edmir Chedid (DEM).

O assunto foi tratado numa reunião entre o parlamentar e o secretário de Estado da Justiça e Cidadania, Paulo Dimas Mascaratti, na sede da Pasta, que fica região central da capital paulista. Na ocasião, também participaram o vice-prefeito de Bragança Paulista, Amauri Sodré, e os secretários municipais de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Demattê, e de Obras e Habitação, André Monteiro. “Apenas formalizamos o pedido para a alteração do valor de contrapartida”, disse.

Edmir Chedid explicou que as atividades serão executadas a partir da licitação das obras e dos serviços, prevista para os próximos meses, que apontará a empresa responsável pela substituição do sistema de iluminação, da reforma dos banheiros e telhados, assim como da readequação do local para deficientes físicos ou pessoas com mobilidade reduzida. “A acessibilidade é uma preocupação da prefeitura, conforme afirmação feita à Secretaria de Estado”, destacou o parlamentar.

Imagem: Deputado Edmir Chedid e o secretário de Estado da Justiça e Cidadania, Paulo Dimas Mascaratti.

 

FID
Além do Mercado Municipal, o parlamentar também tratou sobre o andamento das obras e dos serviços de implantação do Parque Ecológico do Lago do Moinho. Nestes dois casos, os recursos da Secretaria de Estado são provenientes do Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID), que tem por finalidade financiar projetos destinados a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, paisagístico e turístico, à coletividade e ao consumidor no âmbito do Estado.

“O FID tem recursos advindos de condenações judiciais em ações civis públicas e multas decorrentes do não cumprimento de Termos de Ajustamento de Conduta (TACs). No total, a Secretaria de Estado recebeu mais de 800 projetos, incluindo o de Bragança Paulista e demais município da Região Bragantina; tivemos a sorte de receber este investimento, fundamental para garantir todas as melhorias no tradicional Mercadão”, complementou o deputado Edmir Chedid.

 

Disponível em Vídeo

 

 

Redes Sociais
Facebook | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid2.hospedagemdesites.ws
(11) 99592 5118

Rolar para cima