Bragança F3: Prefeitura confirma construção de mais 80 casas populares

Compartilhar

BRAGANÇA PTA. – A prefeitura de Bragança Paulista confirmou nesta sexta (07) a construção de mais 80 unidades habitacionais no Henedina Cortez. As moradias populares, resultado da atuação do deputado Edmir Chedid (União) pela melhoria da qualidade de vida da população, serão construídas pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), vinculada à Secretaria de Estado da Habitação.

A construção do Bragança F3 – nome do conjunto habitacional –, que foi decretada pela administração pública municipal no início desta semana, irá contribuir para a redução do déficit habitacional registrado no município. “A CDHU assinará o contrato com a empresa vencedora do processo licitatório e, ainda em outubro, deverá iniciar as obras de infraestrutura básica no local”, comentou.

Edmir Chedid disse que neste ano serão executadas as obras e os serviços de colocação de guias e sarjetas, assim como a implantação das redes de água e esgoto e a pavimentação das ruas. “Desta forma, a partir de 2023 começam a ser construídas as 80 casas populares. Esta foi a afirmação do diretor técnico da CDHU, Agnaldo Lopes Quintana, à administração pública municipal”, destacou.

De acordo com o parlamentar, os projetos habitacionais são uma preocupação da atual administração pública municipal desde o início da gestão Jesus Chedid/Amauri Sodré. “A prefeitura está muito empenhada em garantir os benefícios para a comunidade. Por isso, tenho reiterado por diversas vezes a importância do aumento do repasse de recursos para o município”, completou.

A prefeitura de Bragança Paulista viabilizou nos últimos anos mais de 2,2 mil unidades. Em razão da colaboração entre município, governo estadual e federal, muitas famílias conquistaram a casa própria por meio de programas habitacionais, como o Casa Paulista, Casa Verde Amarela (antigo Programa Minha Casa, Minha Vida), Nossa Casa, Pró-Moradia, Vida Longa entre outros.

Sorteio
A administração pública municipal informou que pretende inserir no Bragança F3 os moradores da Comunidade Mossoró. A admissão, no entanto, seguirá os critérios já previstos pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU). “Em breve, serão divulgadas pela Secretaria Municipal de Habitação as informações sobre o cadastramento para o sorteio das 80 unidades”, concluiu.

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(19) 99334 8624

Rolar para cima