Agosto Dourado: Edmir Chedid destaca importância da amamentação

Compartilhar

SÃO PAULO – Para ressaltar a importância da amamentação para o desenvolvimento das crianças, entidades governamentais e instituições privadas de saúde promovem, em nível nacional, a campanha Agosto Dourado. Criada há 31 anos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a iniciativa recebeu apoio do deputado Edmir Chedid (União).

De acordo com o parlamentar, a campanha simboliza os desafios e, consequentemente, a luta pelo incentivo à amamentação – a cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno. “Atualmente, cerca de 6 milhões de vidas são salvas no país em razão do aumento expressivo das taxas de amamentação exclusiva até o sexto mês de idade”, comentou.

Considerado o alimento mais completo para os bebês, o leite materno sacia a fome, contribui para a melhora nutricional, reduz a chance de obesidade, hipertensão e diabetes. Diminui ainda os riscos de infecções e alergias, além de provocar um efeito positivo na inteligência e no vínculo entre mãe e bebê. “O aleitamento materno promove menor prevalência de doenças infecciosas”, afirmou.

O leite materno é repleto de anticorpos, fundamentais para a saúde e a resistência do bebê a doenças. Por isso, é fundamental que a criança o receba como única fonte de alimento até os seis meses. “Especialistas, no entanto, sugerem que deve continuar até os dois anos ou mais. Na prática, ainda segundo os especialistas, não existe limite de idade para a amamentação”, completou Edmir Chedid.

Imagem: Campanha simboliza a luta pelo incentivo à amamentação. (Elza Fiuza/Agências Brasil)

Doação
O governo tem observado aumento no número de mães interessadas em doar leite materno. Segundo o Ministério da Saúde, qualquer mulher em fase de amamentação pode ser doadora. Para isso, basta ser saudável e não tomar medicamentos contraindicados. É importante ressaltar que todo leite doado é analisado e passa por testes de qualidade para ser oferecido aos bebês prematuros.

As interessadas em doar leite materno podem procurar um local em seu município pelo site da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano.

Redes Sociais
Facebook | Flickr | Instagram | TikTok | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
imprensa@edmirchedid.com.br
(11) 99952 1200

Rolar para cima