PDDT de General Salgado é incluído em Projeto de Lei da Alesp

Compartilhar

SÃO PAULO – O Poder Legislativo incluiu ao Projeto de Lei 394/17, que classifica General Salgado (Região Administrativa de Araçatuba) como Município de Interesse Turístico (MIT), de autoria do deputado Edmir Chedid (DEM), o Plano de Desenvolvimento Turístico (PDDT) devidamente sancionado no início deste mês pelo prefeito Leandro Rogério de Oliveira (Leandro do Correio).

O documento é considerado fundamental para que o Projeto de Lei possa tramitar a fim de que seja aprovado pelas comissões permanentes do Poder Legislativo, como a de Constituição, Justiça e Redação (CCJR). “A Câmara Municipal e a prefeitura de General Salgado foram rápidas na elaboração e aprovação da Lei, que resultará em benefícios à comunidade”, completou Edmir Chedid.

Segundo o parlamentar, o PDDT apresenta de forma detalhada as principais atividades definidas pela administração municipal em relação ao desenvolvimento do setor turístico. “Trata-se do documento responsável por direcionar a prefeitura no turismo, desde a manutenção e a consequente ampliação das atividades já realizadas à implementação de programas e de projetos”, garantiu.

O PDDT foi entregue em uma reunião entre o parlamentar e o prefeito, promovida no Palácio 9 de Julho – sede do Poder Legislativo –, na zona sul da capital paulista, que contou ainda com a participação do vereador Adriano Eugênio Barbosa (Adriano do Jornal) e do assessor Odair Maciel de Oliveira (Arapinha). “Estamos ansiosos pela aprovação do Projeto de Lei”, disse o prefeito.

General Salgado
Além das atividades folclóricas e religiosas, General Salgado tornou-se referência em nível internacional após a descoberta do fóssil do réptil tipo crocodilianos. Atualmente, o município preserva os fósseis encontrados – em grandes quantidades – em seu território. Os fósseis foram estudados e catalogados pelos pesquisadores locais, da USP e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

“O fóssil encontrado foi nomeado como Baurusuchus salgadoensis. O estudo apresenta uma diferença entre os crocodilianos, já que os de General Salgado não se arrastavam, mas se levantavam para uma melhor locomoção. Além dos crocodilianos, também foram encontrados no município os fósseis ou fragmentos de serpentes pré-históricas”, concluiu o prefeito Leandro do Correio.

Acompanhe também pelo FacebookGoogle +InstagramTwitter e YouTube.
Pelo celular, Telegram e WhatsApp.

Anselmo Dequero | MTB 29.034
anselmo@edmirchedid2.hospedagemdesites.ws
11.99610 1419

Rolar para cima