SP refaz planejamento sobre investimentos em rodovias do interior

Compartilhar

Decisão prejudica projeto executivo de duplicação e melhorias na SP-008 entre Bragança Pta. e Socorro.

SÃO PAULO – O Poder Executivo, por meio da Secretaria de Logística e Transportes, confirmou nesta segunda-feira, 24/04, que está remanejamento os recursos dos financiamentos internacionais (BID, BIRD e Santander) destinados às obras e aos serviços de duplicação em rodovias. De acordo com o deputado Edmir Chedid (DEM), esta decisão prejudica o projeto executivo de duplicação da SP-008 (Rod. Cap. Bardoíno), entre Bragança Paulista e Socorro.

O parlamentar lamentou a decisão, mas explicou que a atividade tornou-se necessária em decorrência da queda na arrecadação do governo estadual, que atingiu seu pior índice nos últimos 10 anos. “A duplicação desta rodovia foi uma promessa do próprio governador Geraldo Alckmin, que agora afirma estar estudando outras possibilidades para conseguir recursos financeiros para a execução das obras e dos serviços de duplicação das pistas da SP-008”, disse.

Em relação à SP-095 (Rod. Benevenuto Moretto), trecho entre Bragança Paulista e Tuiuti, a Secretaria informa que os acostamentos não foram executados devido à falta de Imissão na Posse de Áreas Lindeiras (desapropriação), sob a responsabilidade do Poder Judiciário. Por esse motivo, o contrato está paralisado. “Foram executadas 94,86% das obras de recapeamento das pistas, pavimentação dos acostamentos e melhorias”, complementou Edmir Chedid.

Na SP-063 (Rod. Padre Aldo Boline), entre Bragança Paulista e Piracaia, o parlamentar destacou que, apesar dos esforços empregados junto ao governo estadual, não foi possível incluir a implantação de acostamentos pelo fato de o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) não possuir uma faixa própria de domínio com largura compatível ao projeto executivo. “Apesar dos dados, reiteramos ao governo do Estado a preocupação com os motoristas”, garantiu.

Disponível em Áudio | Disponível em Vídeo

Bragança Pta. – Itatiba
Edmir Chedid destacou ainda o documento emitido pela Secretaria que trata sobre os benefícios à SP-063 (Rod. Alkindar Monteiro Junqueira). Segundo o parlamentar, a contratação para execução das obras, previstas para serem realizadas em 24 meses, está sendo estudada conforme a disponibilidade dos recursos orçamentários do Tesouro do Estado de São Paulo (TESP). O projeto executivo para a duplicação e implantação de 3ª faixa já está concluído.

Acompanhe também pelo FacebookGoogle +InstagramTwitter e YouTube.
Pelo celular, Telegram e WhatsApp.

Anselmo Dequero | MTB 29.034
anselmo@edmirchedid2.hospedagemdesites.ws
11.99610 1419

Rolar para cima