Edmir Chedid defende mais investimentos em saneamento à Sabesp

Compartilhar

Amauri Sodré, Jesus Chedid e José Júlio (ao centro), e Edmir Chedid durante encontro promovido em Bragança Paulista.

BRAGANÇA PTA. – O deputado Edmir Chedid (DEM) reiterou ao superintendente regional da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), José Júlio Fernandes, a importância da ampliação das obras e atividades em saneamento básico nos municípios da Região Bragantina e do Circuito das Águas. O encontro ocorreu na segunda-feira, 6/3, em Bragança Paulista (Região Administrativa de Campinas), durante reunião com o prefeito Jesus Chedid para avaliar a viabilidade de renovação do contrato da empresa com o município.

“Na Assembleia Legislativa temos atuado com firmeza para que a Sabesp cumpra com os municípios a sua função principal que é promover o abastecimento de água de boa qualidade e recolher e tratar esgotos, o que é fundamental. Saneamento básico é saúde. Temos que cobrar isso todo dia”, disse.

No caso de Bragança, onde o contrato se encontra há quase oito anos sem renovação, o parlamentar defendeu um modelo atualizado de gestão e destacou que a situação pode acarretar prejuízos ao município. Pelo menos oito municípios da região apresentam situação semelhante. “Como pode uma empresa explorar por tanto tempo um serviço que não é seu, mas, sim, uma concessão da prefeitura? Quer dizer que o município deixou de arrecadar recursos nesses anos?”, indagou.

Um Plano de Saneamento ao município também foi apresentado. O documento deverá ser debatido na próxima semana entre representantes da Sabesp e de uma comissão formada por secretários municipais para avaliar o caso. O contrato da Sabesp com os municípios normalmente se estende por 30 anos. Segundo José Júlio, em Bragança, o novo contrato, diferente do modelo anterior, fica passível de revisão. “Caso algo não dê certo, pode-se alterá-lo a cada quatro anos”, afirmou.

Demandas
Durante a reunião, o prefeito Jesus Chedid solicitou providências à Sabesp em relação a alguns problemas enfrentados no município, como lançamento de esgotos em ribeirões, desassoreamento do Lago da Hípica e a danificação do pavimento por conta de obras e manutenção de rede. E salientou que o novo contrato, se renovado, estabelecerá multa em casos de descumprimento de prazos e serviços e o compromisso de reparação dos danos por conta dos serviços da empresa, entre outros.

Acompanhe também pelo FacebookGoogle +InstagramTwitter e YouTube.
Pelo celular, Telegram e WhatsApp.

Marlon Maciel | MTB 33.154
imprensa@edmirchedid2.hospedagemdesites.ws
11.4033 2892 / 11. 4033 6845

Rolar para cima