Parlamentar tenta desqualificar conquistas de Edmir Chedid

Compartilhar

Edmir Chedid durante pronunciamento, transmitido ao vivo pela TV Alesp, em que lamentou a postura do peesedebista

SÃO PAULO – O deputado Edmir Chedid (DEM) lamentou mais uma vez as acusações feitas nesta quarta-feira, 29/6, pelo também deputado Barros Munhoz (PSDB), no Plenário Juscelino Kubitschek, na Assembleia Legislativa (Alesp), na tentativa de desqualificar as conquistas obtidas pelo democrata a municípios do Circuito das Águas e da Região Bragantina junto ao governo do Estado. Durante seu pronunciamento em plenário, Edmir Chedid rebateu a postura do peesedebista ao refutar as críticas ao seu trabalho.

“Eu dava (o assunto) por encerrado, ontem, quando respondi as provocações do nobre deputado Barros Munhoz, mas parece que ele não se dá por satisfeito. Ele tem alguma coisa contra a minha pessoa e minha empresa; minha família trabalhou por isso. Não sei por que o senhor envolve essas coisas no seu discurso, mas isso vai ser tema de diálogo a partir de agosto”, declarou Edmir Chedid um dia após ter desmentido as acusações infundadas feitas na semana passada por Barroz Munhoz.

Nesta quarta-feira, ao tentar defender a paternidade da obra, Barroz Munhoz demonstrou pouca familiaridade com o assunto, ao desvincular Centro Dia do Idoso e Programa São Paulo Amigo do Idoso, afirmando que Edmir Chedid mentia e que se trata de iniciativas distintas. “É preciso esclarecer que São Paulo Amigo do Idoso é um programa do Estado, voltado à terceira idade, que inclui o Centro Dia do Idoso, o Centro de Convivência do Idoso e a Vila Dignidade, todos com características específicas”, explicou Edmir Chedid.

“Eu não disse que ele não trabalhou. Quem veio aqui querendo a paternidade da obra foi o nobre deputado. Quero afirmar que o senhor não vai conseguir me desmoralizar frente aos meus 170 mil eleitores, na minha região, com meus prefeitos e com meus colegas deputados, porque não tem poder para isso. Tenho uma vida limpa. Sempre o respeitei, mas não posso concordar com vossa excelência”, frisou.

Na ocasião, Edmir Chedid também reproduziu trecho de entrevista em que o secretário de Habitação, Rodrigo Garcia, também fala sobre o assunto. “Em 2013, nós lançamos o programa Centro Dia do Idoso, ocasião em que tivemos uma reunião com o deputado Edmir, e fico feliz por estar, três anos depois, transformando o projeto em realidade para Amparo”.

Entenda o caso
Há uma semana, Barroz Munhoz utilizou a tribuna para dizer que Edmir Chedid era “ladrão de obra” em referência à construção do Centro Dia do Idoso, inaugurado na sexta-feira, 24/6, em Amparo. Na terça-feira, 28/6, Edmir Chedid apresentou fotos, reportagens e vídeos comprovando que começou a trabalhar pela implantação do Centro Dia do Idoso em fevereiro de 2013, um ano antes do peesedebista. “Respeito, considero e já o desculpo. Mas a falta de compostura e de respeito por me chamar de ‘ladrão de obra’ não cabe aqui”, disse Edmir Chedid.

Acompanhe também pelo FacebookGoogle +InstagramTwitter e YouTube.

Marlon Maciel | MTB 33.154 SP
imprensa@edmirchedid2.hospedagemdesites.ws
11. 4033 2892 | 11. 4033 6845

Rolar para cima