Vida Longa: Empresa inicia construção de casas em Bragança Paulista

Vida Longa: Empresa inicia construção de casas em Bragança Paulista

9 de setembro de 2020

BRAGANÇA PTA. – A Elefe Engenharia Civil iniciou a construção dos 26 imóveis que integram o Programa Vida Longa, em Bragança Paulista. Este modelo de conjunto habitacional foi projetado pela Secretaria de Estado da Habitação a fim de atender as necessidades dos idosos que vivem sozinhos e em situação de vulnerabilidade social. O investimento total do governo estadual no município foi de R$ 2,2 milhões.

A iniciativa contempla reivindicação do deputado Edmir Chedid (DEM) e do prefeito e vice-prefeito de Bragança Paulista, Jesus Chedid e Amauri Sodré, respectivamente. “Como contrapartida, o município doou uma área para a construção dos imóveis. Além disso, também caberá à prefeitura a gestão e a consequente manutenção do empreendimento após sua conclusão”, disse o parlamentar.

Os imóveis estão sendo construídos numa área próxima à EM Profª Marilis Reginato Abi Chedid, no Bairro Vista Alegre. Cada uma das unidades do Programa Vida Longa contará com uma área de serviço, banheiro, cozinha, dormitório e sala de estar conjugados. Para promover maior socialização dos moradores, o local terá espaços comuns para convivência e lazer, como academias ao ar livre.

“Em Bragança Paulista, o empreendimento contará ainda com uma pista de caminhada, um salão de convívio com área gourmet, uma horta elevada, paisagismo e outros benefícios. Esta também era uma reivindicação do prefeito Jesus Chedid e do vice-prefeito Amauri Sodré, que sempre demonstraram preocupação com os idosos e com os demais projetos relacionados à terceira idade”, completou.

 

Vida Longa
O Programa Vida Longa é uma parceria entre o governo estadual, que destina os recursos financeiros à CDHU para a execução do empreendimento, e a prefeitura de Bragança Paulista, que fará a seleção dos beneficiários a partir de critérios estabelecidos em legislação específica. O investimento é a fundo perdido e o futuro morador não pagará taxa de ocupação e tampouco as contas de água e luz.

“O programa é um aperfeiçoamento do antigo Vila Dignidade, totalmente remodelado e com conceito moderno. Mediante determinadas inovações e adequações, um projeto arquitetônico foi concebido para permitir maior compatibilidade com a Política de Assistência Social, bem como com as diretrizes do Programa São Paulo Amigo do Idoso”, complementou o deputado Edmir Chedid.

 

Redes Sociais
Facebook | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid.com.br
(11) 99592 5118