Região Bragantina recebe mais 10 respiradores do governo estadual

Região Bragantina recebe mais 10 respiradores do governo estadual

24 de junho de 2020

BRAGANÇA PTA. – O governo do Estado de São Paulo iniciou nesta quarta-feira (24) a distribuição de mais 10 respiradores a unidades públicas de saúde da Região Bragantina. A iniciativa, que também atende reivindicação do deputado Edmir Chedid (DEM), irá garantir a ampliação do número de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em Itatiba, Pinhalzinho e Piracaia.

De acordo com o parlamentar, a distribuição dos 10 respiradores está fundamentada em critérios técnicos, pois irão atender locais onde existe maior demanda de internações por Covid-19. “Os municípios da nossa região irão aumentar a estrutura dos leitos da rede pública de saúde destinados exclusivamente para os pacientes diagnosticados com a doença”, disse.

Membro efetivo da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, Edmir Chedid destacou que, do número total de respiradores à Região Bragantina, cinco serão destinados à Santa Casa de Itatiba, três ao Pronto Atendimento de Pinhalzinho e dois à Santa Casa de Piracaia. “Uma conquista muito importante à comunidade”, completou.

Assim como os da Região Bragantina, outros municípios da Região Administrativa de Campinas irão receber respiradores: dois serão destinados a Santa Bárbara d´Oeste e mais quatro para Vinhedo; Piracicaba receberá cinco respiradores na próxima semana para a ativação de leitos no Hospital de Fornecedores de Cana – um dos mais antigos do município.

 

Disponível em Vídeo

 

 

Distribuição

No total, o governo estadual irá distribuir mais 62 respiradores para unidades públicas de saúde – incluindo os da Região Administrativa de Campinas, onde está a Região Bragantina – para garantir o atendimento para os pacientes diagnosticados com a Covid-19. Do total, 17 respiradores serão distribuídos à Santas Casas das regiões de Bauru e de Marília.

Na região de Sorocaba, Itu receberá dez respiradores para a implantação do Hospital de Campanha. A Grande São Paulo também terá mais 14 equipamentos, sendo 10 para o Hospital de Campanha de Heliópolis e quatro para Osasco ativar mais leitos no Hospital Municipal Antonio Giglio. “Estamos atentos às necessidades do Estado”, finalizou o parlamentar.

 

Redes Sociais
Facebook | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

 

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid.com.br
(11) 99592 5118