Procon-SP: Parlamentar defende ampliação de atividades no interior

Procon-SP: Parlamentar defende ampliação de atividades no interior

28 de setembro de 2020

BRAGANÇA PTA. – As atividades do órgão de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-SP) poderão sem expandidas no Circuito das Águas e na Região Bragantina, de acordo com a proposta do deputado Edmir Chedid (DEM) ao governo estadual. A finalidade é garantir a fiscalização dos estabelecimentos responsáveis pela comercialização dos produtos que compõem a cesta básica, como mercearias e supermercados.

Em seu argumento, o parlamentar disse que as reclamações referentes à elevação de preços de itens essenciais ao consumidor final, como arroz e óleo de cozinha, cresceram nas últimas semanas. “Muitos profissionais do setor estão dizendo que a alta de preços é transitória e localizada. Mas isso não pode servir de justificativa para o aumento abusivo dos preços para o consumidor”, complementou.

Edmir Chedid explicou que o Procon-SP já atua nestas regiões para fiscalizar a alta de preços e punir os estabelecimentos que desrespeitam o consumidor final. Como exemplo, citou a atividade do órgão em Bragança Paulista realizada neste mês, que resultou na notificação de dois supermercados. “O Procon-SP informou que ambos praticavam preços abusivos em itens da cesta básica”, disse.

O parlamentar também lembrou que, caso constate preços abusivos em produtos que compõem a cesta básica, o consumidor deverá fazer uma denúncia para o Procon-SP. “A maioria das prefeituras do Circuito das Águas e da Região Bragantina possui canais para receber denúncias relacionadas à prática abusiva de preços. Por isso, é importante que todos estejam atentos e denunciem”, garantiu.


Bragança Paulista

O Procon-SP realizou uma força-tarefa em Bragança Paulista para identificar e punir estabelecimentos comerciais que estavam praticando preços abusivos. A atividade foi coordenada pelo Secretário de Estado de Defesa do Consumidor e Diretor do Procon-SP, Fernando Capez, e contou com o coordenador Regional do Procon, Alahyr F. Cruz Júnior, e a coordenadora local do órgão, Tatiana Rodrigues.

“Desde o início desta pandemia, o Procon-SP já fiscalizou mais de 10 mil estabelecimentos em todo Estado. Nesta segunda fase, já foram 400 estabelecimentos. Aqui em Bragança Paulista, começo a acompanhar a fiscalização no interior”, disse o Secretário de Estado de Defesa do Consumidor, Fernando Capez.

O Procon-SP disponibiliza canais de atendimentos a distância para intermediar conflitos e orientar consumidores. O aplicativo pode ser baixado nas plataformas Android ou iOS ou via redes sociais, marcando @proconsp, indicando o endereço ou site do estabelecimento. No site, o internauta deve acessar procon.sp.gov.br e clicar em “Faça sua Reclamação” para acessar a área de login e se cadastrar.

 

Redes Sociais
Facebook | Instagram | Twitter | YouTube.
Pelo celular, no WhatsApp.

Informações:
Anselmo Dequero
Assessor de Imprensa
jornalismo@edmirchedid.com.br
(11) 99592 5118