LEI Nº 0423, DE 10 de maio de 2010

Dá a denominação de "Durval Mantovaninni" ao Ambulatório Médico de Especialidades - AME de Atibaia

(Transformado na Lei Nº 14.146/2010);
PROJETO DE LEI Nº  423, DE 2010

Dá a denominação de Durval Mantovanini ao Ambulatório Médico de Especialidades - AME, no Município de Atibaia.

 

 

 

A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECRETA:

Artigo 1º - Passa a denominar-se "Durval Mantovanini" o Ambulatório Médico de Especialidades – AME, localizado no município de Atibaia.

Artigo 2º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

 


JUSTIFICATIVA

 

Durval Mantovanini, farmacêutico provisionado, vereador em várias legislaturas e presidente da Câmara Municipal de Atibaia de 1.979 a 1.980, nasceu na cidade de Bebedouro, no Estado de São Paulo, no dia 22 de Abril de 1.919. Filho primogênito do ferroviário Antonio Mantovanini e da dona de casa Francisca de Campos Mantovanini, com seis irmãos - Nice, Jacira, Dila, Edie, Nilza e Nilde - Durval precisou começar a trabalhar muito cedo para aliviar as despesas da família. Antes mesmo de completar 10 anos de idade, foi trabalhar como ajudante de farmácia, o que o marcou para toda a vida, pois isso foi decisivo para o seu desenvolvimento profissional. Nunca exerceu outra atividade que não estivesse ligada à farmácia, tendo por dois anos trabalhado como vendedor de remédios, viajando pela região de Atibaia para sobreviver e sustentar sua família, especialmente após perder tudo em uma enchente no litoral. Trabalhou até os últimos anos de sua vida na atividade de farmacêutico. Casado com a professora Yolanda de Campos Mantovanini, com quem teve seis filhos, Durval, Márcia, Sérgio, Carlos, Jarbas e Norma. Mudou-se para a cidade de Atibaia em 1951, onde viveu até falecer no dia 02 de Outubro de 2.009.  Conhecido como o "Seu Durval da farmácia", transformou-se, ao longo dos anos, numa das figuras mais ilustres e queridas da cidade de Atibaia, atendendo prioritariamente pessoas de baixa renda, a quem dedicou toda a atenção, o carinho e a amizade. Amigo de todos e muito querido, paralelamente à profissão de farmacêutico provisionado, Durval participou intensamente da vida social e política da cidade disputando eleições e se elegendo vereador em algumas legislaturas e, quando eleito, dedicou toda a sua energia e conhecimento em benefício da população, especialmente dos mais necessitados. Como maçom, chegou ao mais alto grau dessa instituição em Atibaia, o que lhe dava motivo de orgulho e muita alegria. Participou também do Lions e da diretoria executiva do Clube Recreativo Atibaiano e da Associação Comercial na condição de presidente no período de 1976 a 1978. Por muitos anos, Durval escreveu inúmeras crônicas e artigos para jornais da cidade. Pai carinhoso e dedicado, profissional sério e responsável, político desprendido e transparente, amigo fiel e companheiro Durval Mantovanini será para sempre lembrado por todos aqueles que o conheceram. 
E, na sua tumba, eternizaram-se as palavras que seguem, expressão da mais pura verdade.
Durval Mantovaninni
Gestos simples, voz serena, vida espartana, espírito elevado.
Assim ele era na vida, assim era na profissão.
Nunca separou essas virtudes.
Viveu para curar o próximo. E curava a alma.
Seu prêmio sempre foi poder chegar ao dia seguinte.
Amou a vida como poucos.
Sua luta sempre foi por amor.
Seu destino, ajudar o próximo.
Dos mais humildes aos mais abastados, para ele eram todos iguais.
Político, maçom e espírita.
A complexidade de seus predicados se contrastava com sua simplicidade em viver.
E, por merecimento, a grande homenagem ao seu legado veio na hora de sua despedida.
Inúmeras pessoas que passavam, ao terminarem suas orações, diziam próximo ao seu rosto:
"Obrigado Durval".
Eternas saudades de todos os seus e mais de uma imensidão de amigos!

 

Pelas razões expostas, solicitamos o apoio dos nobres pares para aprovação do presente projeto.


Sala das Sessões, em 10-5-2010

 

 

a)  Edmir Chedid - DEM

 

Outras opções: voltar imprimir