11 de maio de 2018

Cirurgiões dentistas pedem apoio para reajuste salarial

Representantes da APCD (Associação Paulista dos Cirurgiões Dentistas) e do Conselho Regional de Odontologia foram à Assembleia Legislativa pedir a aprovação do projeto de lei complementar 11/2018, que reajusta a tabela de salários da categoria na carreira do Estado.

Eles participaram da reunião do Colégio de Líderes da Casa no último dia 8, por intermédio do deputado estadual Edmir Chedid (DEM). O Colégio de Líderes reúne representantes de todas as bancadas da Assembleia e é a instância que organiza a ordem do dia --ou seja, define os projetos que serão votados em cada sessão. 

O projeto de lei complementar 11/2018 foi apresentado no início de abril pelo ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e reajusta os salários de cerca de 7.300 servidores em todo o Estado, entre cirurgiões dentistas, engenheiros e assistentes sociais. Segundo a proposta, o aumento terá um impacto de R$ 22,8 milhões por ano.

No caso específico dos cirurgiões dentistas, o projeto aumenta em R$ 200 o salário inicial da categoria, hoje fixado em R$ 731 por mês por 20 horas de trabalho semanais. Também há aumentos em outras faixas salariais, chegando a R$ 2.644,41 (no caso dos servidores no último estágio da carreira).

"Estamos nessa luta [pela revisão do salário inicial da carreira] há mais de oito anos, e essa foi a primeira vez que conseguimos entrar no Colégio de Líderes e falar com os deputados. Devemos isso ao apoio do deputado Edmir Chedid", disse Neide Aparecida Sales Biscuola, membro da Comissão de Defesa de Classe da APCD.

Alcance

Segundo ela, o governo do Estado tem cerca de 1.300 dentistas atualmente, 394 só na capital. Eles atuam em Unidades Básicas de Saúde (cedidos às prefeituras), em hospitais estaduais e na Vigilância Epidemiológica (na liberação de licenças de funcionamento).

"Os profissionais da nossa carreira têm, em média, 38 anos de trabalho. Se os salários iniciais não forem atualizados, em pouco tempo não teremos mais cirurgiões dentistas interessados em trabalhar para o Estado", afirmou Neide. "Hoje, o cirurgião dentista não tem sequer condições de chegar ao trabalho com esse salário", completou.

Também presente na reunião do Colégio de Líderes, Ricardo Metran Armando Ferreira, membro do Grupo de Trabalho do Conselho Regional de Odontologia, disse que espera ter sensibilizado os deputados sobre a importância do aumento.

"É um valor pequeno, mas já é alguma coisa", disse. "Agradecemos ao deputado Edmir Chedid, que ficou muito sensibilizado com a nossa situação. Nosso contato direto com os deputados só foi possível graças à atenção dele."

Para Edmir Chedid, o pedido de aumento é uma reivindicação justa. "Vamos trabalhar para que esse projeto seja incluído o mais rapidamente possível na pauta da Assembleia e aprovado", afirmou.

Os cirurgiões dentistas também lutam pela aprovação do Plano de Carreira, Cargos e Salários da categoria, em tramitação desde 2013 na Assembleia.

 

 

Acompanhe o deputado Edmir Chedid também pelo FacebookGoogle +InstagramTwitter e YouTube.

Pelo celular, no WhatsApp.


Informações:

Max Ramon I Assessoria de imprensa

imprensa@edmirchedid.com.br

(11) 3886-6429/6787



Outras opções: voltar imprimir